Pular para o conteúdo principal
O Processo de Quito e o Plano de Resposta aos Refugiados e Migrantes

O Processo de Quito e o Plano de Resposta aos Refugiados e Migrantes

A Presidência Pro Tempore do Brasil representou o Processo de Quito no lançamento global do Plano de Resposta aos Refugiados e Migrantes (RMRP) 2022. Ele destacou os esforços dos governos da região, da comunidade internacional e da sociedade civil na resposta.

Por Isadora Zoni
  
A delegação brasileira, representada pelo Embaixador Paulino Franco de Carvalho Neto, Secretário de Soberania Nacional e Assuntos de Cidadania do Ministério das Relações Exteriores, reafirmou as prioridades da Presidência Pro Tempore do Brasil ao liderar o Processo de Quito durante sua intervenção no lançamento global do Plano de Resposta aos Refugiados e Migrantes (RMRP) 2022. 

"Queremos deixar um legado de maior inclusão de atores relevantes, especialmente organizações da sociedade civil e autoridades locais; uma etapa de consolidação metodológica; e um compromisso renovado com a plataforma R4V e o Grupo de Amigos", disse o embaixador Paulino Franco de Carvalho Neto. 

O Secretário brasileiro também agradeceu ao ACNUR e à OIM por seu apoio através da Secretaria Técnica do Processo de Quito para os avanços técnicos que impulsionaram a dinâmica regional em favor dos refugiados e migrantes.

O RMRP é o resultado do planejamento de campo, reunindo 192 organizações solicitantes em consulta com governos anfitriões, sociedade civil, organizações religiosas, comunidades locais, doadores, assim como os próprios refugiados e migrantes venezuelanos. A nível regional, o RMRP 2022 é implementado sob a Plataforma de Coordenação Interagencial R4V em 17 países da América Latina e do Caribe.

A presença do Processo de Quito neste evento como órgão intergovernamental que coordena as iniciativas emergentes dos Estados, e a reafirmação do compromisso com os diversos atores é extremamente importante, pois permite maior sinergia entre os países rumo a resultados mais coesos em nível regional.